“Construir o futuro com os migrantes e refugiados”

Motivados pelo Papa Francisco esse ano com o tema de “Construir o futuro com os migrantes e refugiados” a celebração do Dia Mundial do Migrante e do Refugiado no Brasil contou com diversas atividades espalhadas pelas nossas fronteiras e por todo o país. Congregações religiosas, organizações e demais movimentos eclesiais fizeram grande esforço para marcar essa data e trazer à tona a realidade em que atualmente se encontram milhões de irmãos e irmãs nossas em nossa aldeia global.

Em Brasília aconteceu uma pequena feira no Centro Cultural de Brasília com os empreendedores que estão sendo apoiados e acompanhados pelo Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiado, CVX Brasil no projeto “Microcrédito solidário” e pelo Instituto Migrações e Direitos Humanos. Na parte da manhã os empreendedores fizeram uma exposição dos produtos e serviços que estão empreendendo no Brasil, de modo que foi possível aproveitar o fluxo das pessoas que participam da missa no CCB aos domingos conhecerem eles, apreciarem os produtos e serviços e realizarem suas compras.

A mensagem desse ano nos convida a conversão, a compreender que ninguém deve ser excluído, que o plano de Deus é sempre inclusivo, que os migrantes e refugiados não chegam de mãos vazias aos países de destino, que eles são importantes agentes de desenvolvimento onde chegam e são acolhidos, de forma que poderiam contribuir ainda mais se formos capazes de valorizá-los e apoiá-los através de programas e projetos específicos. Essa é a tarefa que nos toca como continuadores do projeto de Jesus. Atualizar sua presença amiga junto aos migrantes e refugiados, na busca de caminhar juntos com eles em busca de um futuro melhor para todos e que ninguém fique para trás.

Todos podemos somar esforços na construção de um futuro com lugar e condições de vida digna para todos. Depende de nós darmos o passo inicial, primeiramente buscar ler e entender um pouco melhor a realidade da migração forçada como um dos maiores desafios de nosso mundo globalizado.

Contem sempre com as organizações eclesiais que já estão atuando em terreno e caminhando junto com esses nossos irmãos para receberem as informações necessárias, assim como as dicas de como iniciar um trabalho, serviço ou qualquer tipo de contribuição que venha aportar mais uma gota no oceano da solidariedade.

Agradecido por todo o apoio que a CVX Nacional, o Regional de Brasília e Bahia já vem dando a esse serviço, o convite é seguirmos juntos. Muitas famílias migrantes esperam por nós e muitas vezes o que poderia parecer pouco de nossa parte nesse esforço, é o que estava faltando na vida deles para que seja transformada positivamente. Cada esforço conta. Cada pessoa que ajudamos a ter mais vida, mais esperança, mais dignidade, mais perspectiva de futuro, é o mundo dessa pessoa que estamos mudando. E assim, o mundo muda!

Pe. Agnaldo P. de Oliveira Júnior SJ

Diretor nacional do SJMR Brasil

Siga em nossas redes sociais