Em busca de caminhos transformadores: uma experiência de voluntariado, migração, juventude e espiritualidade

Home / Brasil / Em busca de caminhos transformadores: uma experiência de voluntariado, migração, juventude e espiritualidade

No mês de abril, O SJMR Brasil teve o privilégio de participar de uma experiência inédita de voluntariado e missão, onde a juventude e a migração foram protagonistas: um encontro entre pessoas da Venezuela, Colômbia, Equador e Brasil unidos na busca por caminhos que permitam transformar a realidade das pessoas migrantes e refugiadas, em Cúcuta, cidade fronteiriça da Colômbia com Venezuela.

Foi um tempo de jornada compartilhada entre migrantes forçados que buscam recuperar a vida; jovens que escolhem dar um sentido profundo à sua existência; profissionais que decidiram acompanhar o caminho das pessoas obrigadas a migrar; jesuítas que se encontram “em saída” para irradiar sua espiritualidade na realidade as pessoas em situação de vulnerabilidade e pessoas das comunidades locais que trabalham para transformar a realidade, com ações de solidariedade e compromisso com o bem-comum. Todas e todos, caminhantes desta Casa Comum, se encontram na “fronteira” para reconhecer a humanidade e agir de acordo. 

O Brasil esteve presente com Janaina Santos, assessora de comunicação nacional do SJMR e Carlos Miguel Brum Lopes, estudante jesuíta que já atuou no escritório de Boa Vista (RR) e, hoje, estuda Teologia na Universidad Javeriana, em Bogotá – Colômbia. “Na diversidade do que somos e, a partir das distintas realidades que viemos, compartilhamos nossas diversas experiências e nos reconhecemos nessa mesma caminhada junto às pessoas migrantes e refugiadas. Acredito na experiência valiosa que é o voluntariado e estar na fronteira da Colômbia e Venezuela, nos possibilitou dar #otropassomas para aproximação da realidade dessas pessoas”, comenta Janaina, que faz parte da equipe de Voluntariado do SJMR no Brasil.

Projeto Javier – Missão Goa

Desde 1 de abril, um grupo de jovens, que fazem parte de iniciativas de voluntariado dentro do Projeto Javier de Venezuela, iniciaram uma missão de 17 dias que os levou a conectar-se com sua vocação, acompanhando o que o Serviço Jesuita a Refugiados realiza na região fronteiriça entre Venezuela e Colômbia. 

A iniciativa de este grupo de jovens profissionais, que nasce de um compromisso sincero de serviço através do voluntariado e da espiritualidade Inaciana, animou diversas pessoas e obras da Companhia de Jesus para colaborar com a rede na realização de um encontro e missão levados a cabo no município de Cólon na Venezuela e na cidade de Cúcuta em Colômbia, territórios que fazem parte de uma das regiões fronteiriças mais vivas do continente americano. 

GOA é o nome dado a esta experiência do Projeto Javier, lembrando a obra missioneira de São Francisco Xavier na Ásia. Esta versão de GOA em torno da migração, tem sido a oportunidade para a realização de um início do que pode ser uma experiência de Voluntariado Latinoamericano com um olhar Inaciano e um enfoque intercultural. Este é um passo a mais para o processo de voluntariado que acreditamos ser pertinente e necessário para a região, onde se conecta o caminho da esperança das pessoas jovens e o chamado das pessoas descartadas do mundo e forçadas a migrar. 

Confira as fotos:

Deixe um Comentário