SJMR Porto Alegre lança cartilhas sobre violência de gênero, direitos LGBTQIA+ e vacinação de migrantes contra a Covid-19

Home / Porto Alegre / SJMR Porto Alegre lança cartilhas sobre violência de gênero, direitos LGBTQIA+ e vacinação de migrantes contra a Covid-19

O SJMR Porto Alegre (RS) lançou, entre os dias 26 e 29 de agosto, as cartilhas sobre violência de gênero, direitos LGBTQIA+ e vacinação de migrantes contra a Covid-19, durante as Jornadas de Integração Comunitária. O evento ocorreu tanto na sede do SJMR Porto Alegre quanto na Biblioteca Aninha Peixoto, em parceria com o ACNUR.

Na ocasião, foram lançadas três cartilhas: “Você sabe o que é violência baseada em gênero e como se proteger?”, “Direitos da população LGBTQIA+” e “Migrantes e Refugiados têm direito à vacinação contra COVID-19 no Brasil.” Os exemplares impressos estão disponíveis na sede de Porto Alegre e são usados nos atendimentos técnicos. Além disso, foi compartilhado com entidades da sociedade civil que atuam com a população migrante e refugiada. Clique a seguir, para baixar as cartilhas:

O objetivo do material é conscientizar a população migrante sobre os temas para que saibam buscar informações de maneira facilitada. Escritas pela psicóloga Mariana Ramos, pela assessora jurídica Laura Ferrari Flores Ruschel e pela analista social Bibiana Waquil Campana, as cartilhas são instrumentos de prevenção a violências e acesso a direitos das pessoas migrantes e refugiadas. 

De acordo com a psicóloga Mariana Ramos, as cartilhas de violência contra as mulheres e direitos da população LGBTQIA+ são materiais de fácil acesso, que possibilitam a socioeducação nos atendimentos sobre o tema. “Disponibilizadas na recepção e em outros espaços do serviço, elas possibilitam que a população migrante e refugiada veja que suas demandas têm acolhimento e que o SJMR é um espaço seguro para proporcionar a escuta sensível e os encaminhamentos necessários para cada caso”, comenta a colaboradora.

A analista social do SJMR, Bibiana Waquil Campana, compartilha fala da importância da cartilha para divulgar informações sobre a vacinação de migrantes e refugiados contra a Covid-19. “A cartilha visa sensibilizar a população migrante a respeito da gravidade da pandemia de Covid-19 e da importância da vacinação e manutenção dos cuidados de prevenção, através de material conciso e descomplicado, compreendendo as lacunas impostas ao acesso dos migrantes à saúde pela língua, pelas barreiras culturais e pelo desconhecimento da legislação brasileira. Distribuído em atendimento e nas ações comunitárias promovidas pelo SJMR, deve ser também compartilhado com serviços parceiros de modo a capilarizar o alcance à população usuária”, avalia. 

Confira os registros:

Deixe um Comentário