Campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência baseada em gênero” mobiliza sessão informativa em Porto Alegre

Home / Brasil / Campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência baseada em gênero” mobiliza sessão informativa em Porto Alegre

Nas reflexões da campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência baseada em gênero” realizadas pelo ACNUR, o SJMR Brasil, em Porto Alegre, promoveu sessão informativa e roda de conversa com pessoas migrantes e refugiadas no dia 02 de dezembro. O encontro teve como objetivo divulgar informações e abordar a legislação e mecanismos de denúncia, além de fortalecer as iniciativas de prevenção da violência baseada em gênero.

A roda de conversa foi realizada na Biblioteca Aninha Peixoto, espaço parceiro do SJMR Porto Alegre, que tem recebido demandas de mulheres migrantes em situação de violência. Na sessão informativa, falou-se sobre a Lei Maria da Penha, tipos e ciclos da violência. As mulheres trouxeram relatos pessoais e de pessoas que conheciam que já tinham sofrido violência baseada em gênero. Também houve conversa sobre autoestima, amor-próprio e a importância de ter respeito.

De acordo com a psicóloga comunitária do SJMR, Mariana Ramos, muitas mulheres migrantes são sobreviventes de violência baseada em gênero e não possuem uma rede de apoio no Brasil, o que impacta diretamente na denúncia da violência. “A atividade foi muito rica, as mulheres trouxeram elementos importantes para o diálogo, estavam muito conscientes sobre a violência contra as mulheres e se manifestaram contra. Portanto, espaços como esse são importantes para que vejam que é possível sair dessa situação e contar com apoio de outras mulheres”, destacou a colaboradora.

O encontro contou com a participação de oito mulheres e duas meninas migrantes. No encerramento, as migrantes receberam brindes e compartilharam palavras como união, solidariedade, respeito, dentre outras, que descreviam o aprendizado a partir dessa atividade.

Deixe um Comentário