Missa de ação de graças celebra os três anos de SJMR em Manaus

Home / Manaus / Missa de ação de graças celebra os três anos de SJMR em Manaus

Desde 01 de outubro de 2018, o SJMR Manaus vem trabalhando na região amazônica, com a prestação gratuita de serviços de assistência humanitária, ações de acolhida e integração social e comunitária para pessoas migrantes e refugiadas. Nesses três anos de atuação, foram oferecidos diversos cursos de qualificação profissional, além do ensino de língua portuguesa, orientações para o mercado de trabalho, entre tantos outros iniciativas para inserção local e autonomia dessas pessoas.

Com a pandemia do Covid-19, também foram realizadas iniciativas para responder os desafios impostos pela crise sanitária, como apoio emergencial, campanhas para garantir a segurança alimentar das famílias, além do fortalecimento de ações de empreendedorismo e negócio migrantes dos mais variados seguimentos , possibilitando autonomia e independência financeira.

Em comemoração a esses três anos de intensa atuação foi realizada, no dia 30 de setembro, uma celebração eucarística presidida pelos padres David Homero e Alex Palmer, com presença dos colaboradores do SJMR Manaus, Companhia de Jesus, SARES, MAGIS, Fundação Fé e Alegria, ASAV e instituições parceiras, como o Centro Tecnológica do Amazonas do Governo do Estado e a Casa Beato João Batista Scalabrini, além de voluntários e estagiários.

De acordo com Ludimili Lira, coordenadora do SJMR Manaus, nas ações e serviços realizados é possível ver o rosto de Cristo todos os dias. “Sempre menciono essa oportunidades que tenho de vivencia a fé nesse espaço, que é o SJMR. Os desafios são grandes, mas continuamos caminhando em busca de respostas humanitárias para todos aqueles que buscam neste país e, principalmente na cidade de Manaus, uma vida mais digna, segura e de oportunidades. Fico muito feliz de poder comemorar mais um ano de vida e assistência, beneficiando muitas pessoas desde 2018”, ressalta.

Gladis Pereira, auxiliar de serviços gerais no SJMR Manaus, também comenta da satisfação que tem de prestar serviços no centro de atendimento. “Aqui é onde também consigo ajudar de outras formas todos aqueles que por aqui passam. A gente busca acolher cada um que entra por esta porta com olhar amoroso, para que eles se sintam seguros de estarem aqui. Fico feliz por poder também contribuir com esse acolhimento por meio do meu trabalho”, finaliza.

Sonia Regina, voluntária do SJMR, destaca que sua de experiência no foi muito enriquecedora, tanto na área profissional, como na vida pessoal. “Ter tido a oportunidade de concluir meu ensino superior, por meio do estágio supervisionado e mesmo após o término, continuar como voluntária no SJMR, abre um leque de conhecimentos que antes eu não imaginava, principalmente sobre migração e refúgio.  Eu, assim como todos os voluntários que fazem parte da equipe de Manaus, só temos a agradecer por essa oportunidade ímpar e que a cada dia nos ensina algo novo. Se puder definir em outras palavras o trabalho humanitário, defino como a oração de São Francisco: Senhor, fazei de mim instrumento de vossa paz!”, finaliza.

Deixe um Comentário