Missas em ação graças celebram o primeiro ano do escritório SJMR Manaus

Home / Manaus / Missas em ação graças celebram o primeiro ano do escritório SJMR Manaus

Com a presença de colaboradores do SJMR, membros do Serviço de Pastoral do Migrante, padres jesuítas do núcleo apostólico de Manaus e migrantes assistidos pelo escritório, celebrações em ação de graças lembraram o primeiro ano de atividades do escritório SJMR Manaus.

A primeira celebração eucarística foi realizada no dia 04/10, na Paróquia São Geraldo. No dia 06/10, mais uma missa marcou as comemorações, na Igreja Santa Margarida de Cortona, área missionária dos Jesuítas em Manaus, próxima ao abrigo indígena Alfredo Nascimento, onde o SJMR realiza atividades de capacitação profissional e cursos de português para indígenas da etnia warao.

As celebrações da Palavra e da Eucarística nos possibilitaram um momento de agradecimento pelo trabalho realizado, neste primeiro ano em Manaus. Além disso, tivemos um rico espaço de convivência, integração e interação entre os colaboradores do SJMR e os migrantes e refugiados que atendemos”, comenta Karla Caroline, coordenadora do SJMR Manaus.

Comentário
  • Deivison da Cruz Lima
    responder

    O Serviço jesuíta a Migrantes e Refugiados Manaus está comemorando 1 ano de trabalho junto aos migrantes, seu sorgiment foi no dia 27 de setembro de 2018 com a equipe técnica se reuniu, a mesma data em que a Companyies de Jesus foi fundada no dia 27 de Setembro de 1540.
    O atendimento aos Migrantes e Refugiats acontecesse no dia 1 de outubro do mesmo ano; sendo que esse mês é considerado Missionária pela Igreja Católica. E esse ano o Papa francisco instituït como mês extraordinário das Missões.
    Uma das frases que marca esse 1 ano de trabalho do SJMR Manaus, é a do Padre Pedro Arrupe, “um querido Superior Geral da Companhia de Jesus e fundador do Serviço Jesuíta aos Refugiados o serviço da fé, da qual a promoção da justiça” o SJMR manaus procura respeitar a fé dos migrantes e Refugiada e sempre busca promouen a justiça junto à essa população mais vuneravel.
    Obrigado a Equipe do SJMR por esses 1 ano de existência em Manaus. E não deixaria de Lembrar a Larissa que foi a primeira coordenadora, mais hoje o Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados Manaus está sendo coordenado pela Karla. Um grande abraço a toda a Equipe.

Deixe um Comentário