SJMR Brasil inicia as ações do PSEA em Boa Vista

Home / Boa Vista / SJMR Brasil inicia as ações do PSEA em Boa Vista

O compromisso com a dignidade humana no trabalho de assistência humanitária às pessoas migrantes e refugiadas tem sido o centro das ações de proteção do SJMR Brasil. No dia 22 de outubro, o centro de referência de Boa Vista deu início a execução das oficinas do PSEA – Proteção contra exploração e abuso sexual.

Até o mês de dezembro, uma série de iniciativas para sensibilização e prevenção ao abuso sexual serão realizadas com crianças, mulheres, homens e comunidade LGBTQI+ migrantes. Também estão acontecendo atividades de conscientização para os trabalhadores e trabalhadoras da assistência humanitária sobre como os atos de exploração e abuso sexual afetam indivíduos e comunidades inteiras, além da divulgação das redes de apoio e proteção para quem sofreu violência e mecanismos de denúncia.

Nesta quinta-feira, dia 29, foi realizado mais uma sequência de oficinas com a participação de pessoas migrantes e trabalhadores humanitários. “O SJMR está firmemente comprometido com a luta global para erradicar a exploração e o abuso sexual. Atuamos com um público variado, ressaltando a importância da prevenção ao abuso sexual e buscando desenvolver um trabalho em rede com um olhar mais sensível em relação a população migrante e refugiada no estado. Para enriquecer esta experiência, também contamos com a parceria da UNFPA, que trabalharam ao nosso lado na implementação da oficina”, ressalta Georgina Bolivar, coordenadora do SJMR Boa Vista.

Diversos atores humanitários que atuam na rede local e na Operação Acolhida têm participado das atividades do PSEA, como CREAS, Casa da Mulher Brasileira, AVSI Brasil, Fraternidade Sem Fronteira, Exercito de Salvação. O conhecimento adquirido apoiará os esforços para impedir, prevenir, proteger e combater a exploração e o abuso sexual na população migrante e refugiada.

Deixe um Comentário