Palhaços sem Fronteira levam risos e alegria para crianças migrantes

Home / Boa Vista / Palhaços sem Fronteira levam risos e alegria para crianças migrantes

A trupe dos Palhaços Sem Fronteiras realizou uma temporada de espetáculos e oficinas em Roraima, antes de serem adotadas as medidas de distanciamento social, em razão da pandemia do Covid-19.

Com um cronograma de apresentações teatrais e artes circenses, o Palhaços Sem Fronteiras desembarcaram novamente em Boa Vista e Pacaraima e realizaram uma agenda cheia de espetáculos nos abrigos e ocupações de migrantes, escolas e espaços públicos.


Os Palhaços Sem Fronteiras acreditam que o riso é um dos elementos mais fundamentais da infância, já que este opera na regeneração afetiva e emocional das pessoas, especialmente as que se encontram em situações de vulnerabilidade, como as pessoas migrantes e refugiadas.

As atividades também incluíram oficinas formativas com professores das escolas e com os colaboradores das agências que atuam na região de fronteira. Ainda foram realizadas apresentações lúdicas nas cidades venezuelanas de Santa Elena de Uairen e San Francisco de Yuruani.

Em San Francisco de Yuruani, na comunidade indígena Pemon da Gran Sabana, os Palhaços Sem Fronteiras realizaram um espetáculo emocionante no encerramento do encontro de jovens indígenas das etnias Jibis, kariñas, Yecuanas e Pemones.

O Palhaços Sem Fronteiras Brasil é uma organização social sem fins lucrativos fundada em 2016 e faz parte dos Palhaços Sem Fronteiras Internacional – Clowns Without Boders International (CWBI). Pelo segundo ano consecutivo, o projeto aconteceu em Roraima, com o apoio do SJMR Boa Vista e parceiros.

Deixe um Comentário