SJMR Brasil lança Relatório Anual “Fraternidade no Enfrentamento a Covid-19”

Home / Bahia / SJMR Brasil lança Relatório Anual “Fraternidade no Enfrentamento a Covid-19”

O Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados – SJMR Brasil lança, nesta segunda-feira (23), o Relatório Anual 2020 – “Fraternidade no Enfrentamento a Covid-19”, que apresenta recortes dos atendimentos, dados, informações e detalhamento dos projetos e ações desenvolvidos pelos centros de atendimento em Belo Horizonte (MG), Boa Vista (RR), Manaus (AM) e Porto Alegre (RS), e o Escritório Nacional, em Brasília. O Relatório Anual 2021 pode ser acessado por meio do hotsite especial: sjmrbrasil.org/relatorio2020/

Desde o início da pandemia de Covid-19, o SJMR Brasil tem realizado uma série de iniciativas de atenção humanitária por todo o Brasil, com o propósito de fortalecer as ações de acolhida, proteção, promoção e integração das pessoas migrantes e refugiadas. Com o compromisso de ser presença junto a essas pessoas, mesmo com as medidas de distanciamento social, as equipes seguiram trabalhando para dar assistência, sobretudo aos migrantes que foram diretamente impactados e ficaram ainda mais vulneráveis aos efeitos da pandemia.

O diretor nacional, Pe. Agnaldo Júnior, SJ destaca que o Relatório Anual 2020 traz à tona os esforços das equipes que, no ano de 2020, realizaram 8.500 atendimentos a pessoas migrantes e refugiadas em todo o Brasil. “Foi preciso sair ao encontro desses nossos irmãos e irmãs. Neste último ano, o SJMR Brasil teve que reinventar a execução dos projetos e partir em busca de apoios adicionais para que pudéssemos atender, ainda que parcialmente, os casos mais vulneráveis que estávamos em contato”, ressaltou.

O Relatório Anual aborda as principais iniciativas e projetos realizados no ano, como as ações para garantir a segurança alimentar das famílias migrantes e o apoio no desenvolvimento do próprio negócio e inserção de migrantes no mercado de trabalho. Além disso, também destaca o Programa “Acolhe Brasil” que, mesmo com a pandemia, interiorizou 544 pessoas, sendo 210 com carteira assinada.

As experiências do SJMR no acompanhamento de famílias migrantes da etnia warao que se encontram em processo de interiorização espontânea, além das duas edições do “Festival Tanto Somos, Somos Um”, que por meio da arte promove a sensibilização sobre a causa das pessoas migrantes e refugiadas também marcaram o informe de 2020.

O Relatório Anual do ano passado é um dos finalistas da 53° Edição dos Prêmios de Comunicação CNBB, que tem o objetivo de oferecer um reconhecimento público da Igreja Católica a boas iniciativas jornalísticas que se distinguiram pelo serviço à dignidade humana. “Cada uma das iniciativas desenvolvidas pelas equipes e voluntários do SJMR Brasil, assim como as histórias compartilhadas pelas pessoas migrantes atendidas estão repletas de esperança, fraternidade e superação. Que o SJMR Brasil possa seguir construindo caminhos e parcerias para uma ajuda fraterna, que transforma vidas”, comenta Janaina Santos, editora da publicação e assessora de comunicação nacional do SJMR Brasil.

Deixe um Comentário