Programa de Interiorização do SJMR acolhe grupo de mulheres venezuelanas em Belo Horizonte

Home / Belo Horizonte / Programa de Interiorização do SJMR acolhe grupo de mulheres venezuelanas em Belo Horizonte

Belo Horizonte recebeu nesta terça terça-feira (07) um grupo de 20 mulheres venezuelanas que deixaram Boa Vista em busca de um recomeço na capital mineira. As migrantes fazem parte do Programa de Interiorização “Acolhe Brasil”, que desde de 2018 está mobilizando frentes de apoio para a acolhida de migrantes venezuelanos por todo país.

A versão mineira do Projeto “Acolhe Brasil” recepcionou o primeiro grupo de venezuelanos em fevereiro de 2019 e, desde então, já interiorizou 141 migrantes em Minas Gerais. As ações estão sendo realizadas em parceria com o Alto Comissariado da ONU para Refugiados (Acnur), o Exército Brasileiro e com apoio da Arquidiocese de Belo Horizonte e entidades da sociedade civil.

As mulheres venezuelanas receberão abrigo em espaços seguros, durante o período de três meses, e serão assistidas pela equipe multidisciplinar do SJMR-BH. Estas ações contribuirão para integração local e reinserção laboral das migrantes.

Comentário
  • Maria da Consolação Gomes de Castro
    responder

    Foi um prazer, para mim Profa. Consolação, como representante da PUC Minas e integrante da Rede Acolhe Minas, ter ido ao aeroporto no dia 07/01, acompanhar juntamente com o representante do Exercito, Capitão Furtado, a chegada das mulheres venezuelanas. É indescritível a alegria delas ao sair na porta do desembarque 2 do Aeroporto de Confins. A estudante do Curso de Serviço Social da PUC Minas, Rafaela Pereira, que domina o idioma espanhol, também foi fundamental nesta recepção da venezuelanas.

Deixe um Comentário