SJMR Belo Horizonte realiza cerimônia de entrega de certificados para os migrantes do Workshop Trilha de Gastronomia

Home / Belo Horizonte / SJMR Belo Horizonte realiza cerimônia de entrega de certificados para os migrantes do Workshop Trilha de Gastronomia

Na última sexta-feira (27), o SJMR Belo Horizonte, por meio da Equipe de Meios de Vida, promoveu, com alegria, a “Cerimônia de Entrega de Certificados – Workshop Trilha de Gastronomia – Senac Minas”, onde houve a entrega das declarações de conclusão de curso. O curso foi contratado com recursos do Projeto da Fundación Avina, em 2020, mas, por causa da pandemia, só agora foi possível realizar as atividades de capacitação presencialmente.

O evento ocorreu no Auditório Caetano Vasconcelos no Senac Minas e contou com a presença dos alunos e professores dos workshops. Nathália de Oliveira e Thais Viana, analistas sociais da Área de Meios de Vida do SJMR BH, conduziram a cerimônia, que teve também depoimentos de Rogenir Costa, Coordenadora Programática da Fundación Avina, e de Gabriela Silva e Catarina Valle, do Projeto Tecer.

No total, 29 alunos passaram pela capacitação, sendo: 24 venezuelanos, 04 haitianas e 01 peruana. Foram 72h de cursos, entre os meses de junho e agosto, divididas entre os seguintes workshops: Técnicas e Serviços de Garçom e Garçonete; Técnicas Básicas de Serviços de Barman; Técnicas Básicas de Culinária Mineira; Técnicas de Preparo de Pizza; Técnicas de Preparo de Bombons e Trufas; Técnicas Básicas de Preparo de Saladas.

O SJMR BH apoiou 23 alunos com passagens de ônibus para que eles pudessem comparecer às aulas. Em contrapartida, os migrantes se comprometeram a frequentar as aulas online do curso de Português, aos sábados pela manhã. Além da necessidade de apoio para o deslocamento, um dos principais desafios foi com relação às alunas que não tinham com quem deixar os filhos durante as aulas. Ao longo dos três meses, Nathalia e Thais chegaram a cuidar de algumas crianças no escritório do SJMR para que as mães pudessem assistir às aulas. 

“A cerimônia de entrega de certificados foi a culminação de um trabalho que começou no início de 2020, com a execução do Projeto da Fundación Avina, que previa atividades para promoção da inclusão de migrantes e refugiados no mercado de trabalho, bem como capacitação profissional para eles. Por causa da pandemia, decidimos adiar o curso para 2021, até termos condições sanitárias de oferecê-lo presencialmente. Esperamos que os alunos possam colocar em prática os conhecimentos adquiridos nos workshops, seja no mercado de trabalho formal ou em iniciativas próprias de empreendedorismo”, comenta Nathália de Oliveira.

Os frutos dos workshops já estão sendo colhido por alguns alunos, como é o caso da migrante venezuelana Margioris Leon, que está vendendo doces e salgados por conta própria e conta que foi o curso que a ajudou a se desenvolver. “As capacitações foram muito boas e produtivas, eu aprendi bastante com as aulas alegres e dinâmicas. Agora eu me sinto mais preparada para vender meus produtos e crescer ainda mais na área.  A experiência vivida foi excelente e eu adorei tudo. Muito obrigada SJMR, Senac e Fundación Avina pela oportunidade!”, relata.

De acordo com Nathalia Oliveira, o curso foi extremamente relevante para os migrantes. “Primeiro por se tratar de uma capacitação ofertada pelo Senac Minas, instituição reconhecidamente estabelecida no mercado; segundo por proporcionar aprendizado para atuação em bares, restaurantes, lanchonetes, buffets, etc ou, ainda, a atuação em empreendimento próprio. Por fim, além do aprendizado na área de gastronomia, os alunos receberam aulas de Português e puderam estabelecer e ampliar suas redes de contato”, finaliza.

Confira os registros:

Comentário
  • Ana Gabriel Marquez Noguera
    responder

    Muito obrigado a SJMR / Nathalia e Thais. À Fundação Avina pela iniciativa e grande ajuda para nós, os imigrantes mais vulneráveis ​​que querem aprender, foi um grande desafio para as mãesMuito obrigado a SJMR / Nathalia e Thais. À Fundação Avina pela iniciativa e grande ajuda para nós, os imigrantes mais vulneráveis ​​que querem aprender, foi um grande desafio para as mães Que não tínhamos a ajuda de quem cuidasse dos nossos filhos, eles estavam dando todo o seu apoio e carinho. Muitas bênçãos a todos que tornaram este desafio possível.

Deixe um Comentário