Chef Beth Beltrão contrata venezuelanos interiorizados pelo Programa “Acolhe, Minas”

Home / Belo Horizonte / Chef Beth Beltrão contrata venezuelanos interiorizados pelo Programa “Acolhe, Minas”

Na última semana, mais dois migrantes venezuelanos integrantes do Programa “Acolhe, Minas” iniciaram um nova etapa em suas vidas, com uma oportunidade de trabalho no Restaurante Viradas do Largo, da chef mineira Beth Beltrão, localizado na cidade de Tiradentes/MG.

Beth, que já participou do programa “Mais Você”, da Rede Globo,
conta com uma equipe de trabalho formada por brasileiros e migrantes haitianos e contatou o SJMR Belo Horizonte, com o desejo de novas oferecer vagas de trabalho aos atendidos pelo escritório.

A chef não esconde sua alegria e gratidão em poder ajudar. “Quando soube do apoio oferecido pelo Serviço Jesuíta, resolvi entrar em contato, para contratar mais dois migrantes para a equipe. Hoje, temos quatro haitianos e dois venezuelanos auxiliando no restaurante”, conta. A qualidade do trabalho realizado pelos funcionários também é destacada por Beth, que não economiza elogios. “São pessoas alegres, de bem com a vida, extremamente educadas, competentes, que vestem a camisa e que aprendem rapidamente aquilo que fazem, inclusive o idioma”, acrescenta.

Resultados e expectativas

O Programa “Acolhe, Minas” promoveu, de forma pioneira, a interiorização de 37 venezuelanos para o Estado de Minas Gerais. Segundo Nathália de Oliveira, Analista Social do SJMR BH, com o apoio e orientação do setor de Inserção Laboral da organização, 10 dos 22 migrantes em idade para trabalhar, residentes em Belo Horizonte, já conseguiram ser encaminhados para vagas de emprego. “Os dois venezuelanos contratados para trabalhar em Tiradentes conquistaram sua autonomia e já estão residindo na cidade. Completamos um mês de projeto e estamos muito felizes com as contratações. Prosseguimos buscando promover a recolocação profissional dos demais e contamos com o apoio da sociedade civil, para que eles possam prosseguir com suas vidas no Brasil de maneira mais digna”, relata.

Deixe um Comentário