Relatório anual 2020

Os movimentos migratórios são inerentes à condição humana e migrar é um direito humano universal. Diante dessa realidade, diversas organizações da sociedade civil, dentre elas, a Igreja, têm viabilizado iniciativas efetivas para o atendimento de migrantes no Brasil. Dessa forma, o Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados (SJMR Brasil) tem beneficiado milhares de pessoas com a prestação de serviços gratuitos, intervenções emergenciais, proteção, projetos de educação, integração, apoio psicossocial e pastoral.

Ao longo desse relatório, acompanhe o trabalho do SJMR Brasil em favor de um maior acolhimento e hospitalidade da sociedade brasileira aos migrantes e refugiados, promovendo e protegendo sua dignidade e direitos e acompanhando seu processo de inclusão e autonomia.

Faça o download do relatório na íntegra, em pdf. Ou, se preferir, continue navegando, a seguir, para conhecer mais.

"Seguimos com um contexto mundial extremamente preocupante quando analisamos o sofrimento humano que implica a mobilidade humana forçada, sobretudo quando as pessoas se deparam com barreiras e políticas restritivas aplicadas por muitos países. Ao mesmo tempo, visto que estamos tratando de seres humanos e não produtos, precisamos pensar na acolhida e integração desses migrantes forçados, solicitantes de refúgio e refugiados, que apesar das dificuldades colocadas conseguem chegar a um país seguro"

INCIDÊNCIA POLÍTICA, INSPEÇÃO LEGISLATIVA E GESTÃO NACIONAL

Em fevereiro de 2019 criou-se, em Brasília, o Escritório Nacional do SJMR.

Download da matéria (pdf)

ACOLHIDA FRATERNA PARA UMA INTEGRAÇÃO HUMANIZADA

Em Belo Horizonte, somos referência no atendimento a migrantes e refugiados.

Download da matéria (pdf)

atendimento e cuidado a migrantes e indígenas

Em novembro de 2019, o SJMR completou um ano de atividades em Manaus.

Download da matéria (pdf)

referência a pessoas migrantes e refugiadas no rs

Atuação no Programa de Reassentamento de Refugiados no RS.

Download da matéria (pdf)

Atenção a migrantes e refugiados na fronteira

Com apenas dois anos de atividade, o SJMR Brasil em Boa Vista tornou-se um importante centro de referência na atenção a migrantes e refugiados na região de fronteira.

Esperança além da fronteira

Com o aumento do fluxo de venezuelanos em RR, uma rede tem atuado com acolhimento, integração e interiorização.

Download da matéria (pdf)

Projeto Coexistência Pacífica

Promotores Comunitários Voluntários fortalecem as redes de proteção para migrantes e estreitam laços com a comunidade de acolhida.

Download da matéria (pdf)

Acolhimento com “Fé e Alegria”

Obra social da Companhia de Jesus, a fundação Fé e Alegria, realiza o acolhimento das crianças migrantes e refugiadas em Boa Vista.

Download da matéria (pdf)

“Hoje, podemos dizer que a Província dos Jesuítas do Brasil, em sintonia com as preocupações apostólicas universais, conta com uma rede nacional de serviço ao migrante, em vários estados, por meio do Serviço Jesuíta aos Migrantes e Refugiados. As equipes atuam conjuntamente a muitas outras instituições, cada uma delas lidando com aspectos e fluxos migratórios bem diferenciados, buscando dar o melhor de si para prestar um serviço integral e de qualidade a essas pessoas”

À frente dos cinco escritórios do Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados no Brasil e do Projeto “Acolhe Brasil”, que interiorizou venezuelanos em 16 estados, Pe. Agnaldo Junior faz um balanço da experiência de acolhimento a migrantes.

Conselho editorial
Agnaldo Júnior, SJ
Dimas Oliveira, SJ
Janaina Santos
Karin Wapechowski
Lucas do Nascimento
Marcelo Antonio Lemos
Mariana Ribeiro do Nascimento
Vivianne Soares

Editora
Janaina Santos

Projeto gráfico e diagramação
Dimas Oliveira, SJ

Fotografia
Dimas Oliveira, SJ
Sergi Camara

Revisão
Maria Regina Lins
Vivianne Soares

Webdesign
Dimas Oliveira, SJ

COLABORE COM O NOSSO TRABALHO

Precisamos muito de sua ajuda para que possamos continuar atendendo tantas pessoas que precisam de nossos serviços e ações humanitárias. Clique no botão a seguir e saiba como.