Famílias venezuelanas chegam no próximo sábado ao Rio Grande do Sul já com emprego garantido

Home / Boa Vista / Famílias venezuelanas chegam no próximo sábado ao Rio Grande do Sul já com emprego garantido

Celebração pelo dia Mundial do Migrante coincide com a acolhida de 71 venezuelanos que serão interiorizados com carteira assinada na serra gaúcha.

Migrantes com a equipe do SJMR Boa Vista.

71 venezuelanos que estavam abrigados em centros de acolhimento em Boa Vista (RR) desembarcam, neste sábado (19), em Porto Alegre e serão interiorizados pelo Programa “Acolhe Brasil – Interiorização via Trabalho” do Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados – SJMR Brasil, em parceria com o ACNUR, OIM e Exército Brasileiro, já com vagas de emprego garantidas em indústria de alimentos, em Caxias do Sul e Trindade do Sul.

As oportunidades de emprego foram articuladas pelo SJMR Brasil com as empresas locais presentes em todo o processo de informação, entrevistas e seleção das famílias, que também participaram do projeto “Novo Caminhar” realizado em parceria com o ACNUR com formações em educação financeira, acesso à rede municipal, convivência urbana e integração local.

Chegada na Casa de Acolhida Luiz Matias.

Vinte nove pessoas serão interiorizadas em Caxias do Sul, sendo 13 delas contratadas pela indústria local e que tiveram a oportunidade de trazer suas famílias, num total de 29 interiorizados. Os migrantes serão recebidos na Casa de Acolhida Luiz Matias do Instituto Anglicano, onde terão alojamento e suporte da equipe local por três meses. Também receberam cartão de alimentação do parceiro Red Xavier.

Em Trindade do Sul, foram 17 migrantes contratados e 25 pessoas que são familiares acompanhantes. Por meio de uma parceria, as famílias serão acolhidas em um hotel por dois meses e terão o suporte do ACNUR para locação de imóveis e compra de mobília, além de cartão de alimentação da Red Xavier.

De acordo com o coordenador do novo centro de referência do SJMR Porto Alegre (a ser inaugurado em janeiro) Lucas Nascimento, “o trabalho do SJMR é promover a proteção e a integração de refugiados e migrantes, em articulação com a sociedade civil, poder público e setor privado. Agora com portas abertas em Porto Alegre, o Serviço facilitará a integração socioeconômica de venezuelanos que chegam ao RS, pelo processo de interiorização, além de ampliar o atendimento a outros migrantes no estado ”.

Um recomeço fraterno

Uma das grandes dificuldades encontradas por migrantes que querem interiorizar é a possibilidade de trazer seus familiares, sobretudo quando há crianças. Nesse sentido, o SJMR Brasil tem buscado ampliar parcerias que possam garantir acolhidas a famílias inteiras. Neste grupo de 71 migrantes, seguem junto com seus pais 26 crianças e 10 adolescentes.

O migrante Asdrúbal José Millan Guzman, de 39 anos, comemora com sua família e está agradecido pelo processo de interiorização e pela oportunidade de recomeçar a vida em outro estado. “Estávamos buscando um outro caminho e o SJMR nos abriu essa porta, com a possibilidade de um trabalho e ainda trazer a minha família, que é uma das dificuldades dos programas de interiorização. Agora queremos seguir buscando uma vida melhor e a educação para nossos filhos, honrando tudo o que recebemos com o coração agradecido a essa nação”, comentou.

A chegada

Os 71 migrantes venezuelanos desembarcarão às 13h30min, no Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, em aeronave fretada. Após almoço, o grupo que vai para Caxias do Sul será acompanhado por Lucas Nascimento, do SJMR Porto Alegre e Yoslin Galdamez, colaborador do SJMR Boa Vista, que veio com o grupo desde Roraima (RR). As famílias que seguem para Trindade do Sul serão acompanhadas até sua residência temporária pelo Exército Brasileiro.

Famílias venezuelanas interiorizadas por meio do Programa Acolhe Brasil do SJMR.

Deixe um Comentário