SJMR Brasil e UNISINOS lançam “Especialização em Migração, Refúgio e Assistência Humanitária”

Home / Bahia / SJMR Brasil e UNISINOS lançam “Especialização em Migração, Refúgio e Assistência Humanitária”

O SJMR Brasil em interface com a Universidade do Vale dos Sinos (UNISINOS), o Projeto Tarim e a Cátedra Sérgio Vieira de Melo da UNISINOS lançam o curso de Pós-Graduação – “Especialização em Migração, Refúgio e Assistência Humanitária”.

A Organização Internacional para Migrações (OIM) contabilizou que, no ano de 2021, cerca de 281 milhões de pessoas estavam em processo de migração, seja por deslocamento voluntário ou por migração forçada. Diante desse cenário, onde há a necessidade de acolher e garantir que os direitos humanos de todas as pessoas migrantes e refugiados sejam respeitados.

A especialização é focada no aperfeiçoamento profissional das pessoas que atuam diretamente na proteção e assistência de pessoas migrantes, refugiadas ou solicitantes de refúgio, pesquisadores e demais pessoas com interesse na temática. Também pode se inscrever quem está atuando ou deseja trabalhar nas várias etapas do ciclo de uma resposta humanitária, especialmente nos contextos de deslocamentos. Clique aqui para registrar seu interesse em participar da especialização.

“Considerando que os movimentos migratórios e as pessoas migrantes e refugiadas exigem não só um tratamento especial, destinação de recursos e políticas dirigidas, mas igualmente um tratamento especializado, foi aí que enxergamos a carência de uma qualificação Lato Sensu (Especialização) que aborde tanto do ponto de vista teórico, quanto do prático essas questões”, aponta Marcelo Lemos, um dos coordenadores da especialização e responsável pelo SJMR em Belo Horizonte (MG).

Com o objetivo de apresentar a questão da migração, do refúgio e da ação humanitária em uma perspectiva multidisciplinar, durante o percurso do curso, os participantes aprenderão, entre outros temas, sobre a legislação e os processos institucionais disponíveis para a proteção de migrantes e refugiados. Dessa forma, serão capazes de identificar, avaliar e propor políticas públicas e ações humanitárias efetivas e sustentáveis numa perspectiva intersetorial. Além disso, também serão abordados os aspectos psicológicos, sociológicos e culturais da migração, do refúgio e da apatridia, possibilitando com que todos estejam aptos a planejar respostas humanitárias em contextos diversos.

Estrutura Curricular

A especialização será realizada de forma presencial-remota (aulas síncronas), no campus virtual da UNISINOS (RS), e em três intercâmbios presencias: em São Leopoldo (RS), em Boa Vista (RR) e Belo Horizonte (MG). O curso está em conformidade com o Ministério da Educação, o que garante a qualidade do ensino oferecido e a devida certificação.

Algumas das disciplinas que serão abordadas durante o curso são: Reconciliação e Justiça com os ‘descartados pelo mundo’; Globalização e os movimentos transnacionais; Sexismo, Classicismo e Racismo em deslocamentos; Proteção e Assistência especializada em violência baseada em Gênero e Orientação Sexual; dentre outras. “O diferencial dessa especialização é a resposta ao contexto brasileiro que cada vez mais se amplia à chegada de pessoas migrantes e solicitantes de refúgio”, destaca Marcelo.

Especialização em “Migração, Refúgio e Assistência Humanitária”

Carga Horária: 360 horas
Ensino: Presencial-remota (aulas síncronas)
Aulas: Quinzenalmente nas terças, quartas e quintas-feiras, das 18h30 às 22h30.
Site: https://www.unisinos.br/pos/especializacao/migracao-refugio-e-assistencia-humanitaria/presencial-remoto/ead#coordenadores

Deixe um Comentário