Assistente de Direção Nacional do SJMR ministra oficina sobre apatridia na Costa Rica

Home / Brasil / Assistente de Direção Nacional do SJMR ministra oficina sobre apatridia na Costa Rica

De 20 a 23 de maio, a Assistente de Direção Nacional do SJMR, Paola Gersztein, ministrou oficina sobre apatridia na Universidade da Costa Rica (UCR).

O evento abordou temas como aquisição e perda da nacionalidade, discriminação de gênero, conceito, causas e consequências da apatridia, identificação de pessoas apátridas, bem como os contextos brasileiro e latino-americano sobre o tema.

Além das atividades acadêmicas realizadas nos campi da UCR, Paola também expôs o tema da apatridia às mulheres da associação MUSADE – Mujeres  Unidas en Salud y Desarrollo. “Como muitas dessas mulheres trabalham como defensoras populares, o objetivo do encontro foi sua orientação para que elas possam atuar caso se deparem com pessoas em situação de apatridia”, justifica.

A troca de informações com profissionais e estudantes, segundo Paola, foi muito útil ao seu trabalho de incidência política, já que a Costa Rica possui normas bastante avançadas em relação ao reconhecimento e a naturalização de pessoas apátridas. “O intercâmbio de conhecimento no âmbito acadêmico fundamenta críticas aos institutos e instituições existentes e leva à adoção de boas práticas que permitam o reconhecimento e o acesso a direitos por milhões de seres humanos”, ressalta.

Deixe um Comentário