O PROGRAMA ACOLHE BRASIL É UMA INICIATIVA DO SERVIÇO JESUÍTA A MIGRANTES E REFUGIADOS BRASIL. DESDE 2018, MOBILIZAMOS ESFORÇOS PARA APOIAR A INTERIORIZAÇÃO DE MIGRANTES E SOLICITANTES DE REFÚGIO VENEZUELANOS. COM O CONFLITO NA UCRÂNIA e no aFEGANISTÃO, ESTAMOS AVANÇANDO PARA UMA SEGUNDA ETAPA, A FIM DE FAVORECER A ACOLHIDA DESSAS POPULAÇÕES. 

Acolhe Brasil Ucranianos/as e Afegãos/ãs    

Organizado em 5 passos, o primeiro deles é sensibilizar e consolidar “espaços de acolhida”, por meio de uma rede nacional de famílias, pessoas, comunidades, grupos ou coletivos que tenham interesse e disponibilidade para acolher ucranianos/as e afegãos/ãs.

É fundamental que, desde o primeiro momento do interesse da acolhida desses refugiados, seja planejado um cuidado integral dessas pessoas com a finalidade de promover a integração socioeconômica e cultural delas no Brasil. O objetivo é estabelecer uma hospitalidade acolhedora e organizada para auxiliar nessa inclusão local.

A seguir, você poderá conhecer os demais passos da nova etapa do Programa Acolhe Brasil, voltado especialmente para ucranianos/as e afegãos/ãs que estão chegando no Brasil.

Atenção! Não estamos realizando o cadastro de pessoas com interesse de serem acolhidas. Neste primeiro momento, a proposta inicial é identificarmos espaços de acolhida com parceiros que ofereçam condições dignas. A partir deste processo, poderemos facilitar a vinda para o Brasil, ou acolher pessoas que já estejam no país e não tenham um lugar para ficar.  

Contexto

Ucrânia  

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os refugiados, informa que desde 24 de fevereiro de 2022, saíram do país 2.155.271 pessoas.*

Afeganistão  

“Os afegãos já constituem uma das maiores populações de refugiados do mundo.  Dos 665.000 afegãos que foram deslocados dentro do país em 2021, 80% são mulheres e crianças. As famílias relatam que foram forçadas a fugir de repente, mesmo correndo o risco de sofrerem ataques de grupos armados durante a fuga”.**

Se sua família, comunidade, coletivo tem interesse em acolher famílias, pessoas solteiras, e tem um espaço ou mesmo na sua casa condições de acolhida por até três meses, enquanto o SJMR atuará com parceiros para promover a integração e inclusão e condições seguras para um novo recomeço no Brasil, faça sua manifestação de interesse pelo link:  https://bit.ly/acolhe_brasil

O SJMR incentiva que as comunidades e paróquias da Igreja Católica em todo país possam fazer esforços para acolher ao menos uma família, a fim de possibilitar condições dignas para que essas pessoas recomecem no Brasil.

Para todas as pessoas que manifestarem interesse, o SJMR Brasil e seus parceiros oferecerão curso de capacitação sobre a cultura, a língua portuguesa, a história brasileira e os direitos das pessoas migrantes e refugiadas. Aqueles que fizerem o curso receberão um certificado de “espaço de hospitalidade”. Além disso, será disponibilizado curso de português para ucranianos/as e afegãos/ãs, com objetivo de facilitar a convivialidade, tendo a língua portuguesa como experiência de acolhimento. 

Atenção: O SJMR não está mobilizando nessa etapa recursos financeiros. Fique atento se alguém se apresentar em nome do SJMR pedindo dinheiro. Quando essa mobilização for iniciada, será feita ampla divulgação nos nossos canais oficiais. 

ESPERE O RETORNO DE UM MEMBRO DA EQUIPE DO SJMR DE BELO HORIZONTE, PARA CONFIRMAR SEUS DADOS, VERIFICAR AS INFORMAÇÕES E DOCUMENTOS APRESENTADOS. CONFIRMADO SEU INTERESSE, NOSSA EQUIPE RESPONSÁVEL PELA GESTÃO DO PROGRAMA IRÁ CONFIRMAR SUA DISPONIBILIDADE E IRÁ MEDIAR TODO PROCESSO PARA QUE A FAMÍLIA MIGRANTE SEJA ACOLHIDA. NOSSO CONTATO SERÁ APENAS PELOS CANAIS OFICIAIS E SEGUROS DO SJMR BRASIL. . 

APÓS O SEGUNDO PASSO, VOCÊ RECEBERÁ NO E-MAIL INFORMADO UM PERFIL GERAL DA FAMÍLIA, OU PESSOA A RECEBER. POR MEIO DO E-MAIL, VOCÊ DEVERÁ CONFIRMAR A DISPONIBILIDADE PARA ACOLHIDA, BEM COMO CONFIRMAR POR MEIO DE UM LINK QUE ESTARÁ NO E-MAIL ALGUMAS INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE SUA CAPACIDADE DE ACOLHIDA PARA ATÉ TRÊS MESES. também deverá ASSINAR UM TERMO DE ACOLHIDA VOLUNTÁRIA, QUE DETALHA SUAS RESPONSABILIDADES, assim como OS COMPROMISSOS QUE OS ACOLHIDOS/AS DEVEM ASSUMIR DURANTE A ESTADA NA RESIDÊNCIA, OU NO ESPAÇO PREPARADO PARA ESTE FIM. NESSE PASSO, SERÁ AGENDADA UMA ENTREVISTA ONLINE COM O RESPONSÁVEL OU MEMBROS DO ESPAÇO DE HOSPITALIDADE, QUE PASSARÁ A CONSTITUIR-SE NUMA FAMÍLIA INTERCULTURAL. PARA ISSO É PRECISO UM SUPORTE DE INTERNET, CÂMERA E COMPUTADOR OU TELEFONE.  

Após acertar os detalhes do recebimento dos migrantes, juntamente com a equipe do SJMR, prepare o coração, mobilize outras pessoas e cuide dos preparativos finais. logo depois de confirmar os dados do TERCEIRO passo, VOCÊ RECEBERÁ um conjunto de orientações para contribuir para uma HOSPITALIDADE fraterna, solidária e expressão concreta DE que somos uma só família humana. Nessa etapa, o SJMR facilitará o contato entre a família intercultural e a família ou pessoas refugiadas.  

Acolha os migrantes e aproveite a experiência de contribuir com a continuidade do projeto de vida de muitas pessoas, além de realizar uma rica troca cultural. Ofereça todo o suporte necessário para que as pessoas migrantes recomecem suas histórias de vida, apesar da dificuldade que é ter que deixar suas origens. E conte com o apoio do SJMR Brasil para fazermos no mundo uma casa fraterna para todos os povos.  

Para maiores informações dessa edição do Acolhe Brasil, entre em contato email acolhebrasil@sjmrbrasil.org 

Os migrantes e os refugiados (…) não chegam de mãos vazias: trazem uma bagagem feita de coragem, capacidades, energias e aspirações, para além dos tesouros das suas culturas nativas, e deste modo enriquecem a vida das nações que os acolhem.

PAPA FRANCISCO

*https://data2.unhcr.org/en/situations/ukraine#_ga=2.100900742.685161780.1646847871-619206541.1622571635 **https://www.acnur.org/portugues/afeganistao/#:~:text=Dos%20665.000%20afeg%C3%A3os%20que%20foram,em%20meio%20a%20essa%20crise