Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados mobiliza redes para a acolhida solidária de ucranianos/as e afegãos/ãs

Home / Bahia / Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados mobiliza redes para a acolhida solidária de ucranianos/as e afegãos/ãs

Por meio do Programa “Acolhe Brasil”, o Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados está sensibilizando uma rede nacional de famílias, pessoas, comunidades, grupos e coletivos que tenham interesse e disponibilidade para a acolhida de famílias ucranianas e afegãs.

Fotos: Sergi Camara – Entreculturas – Alboan – JRS

Para apoiar as iniciativas de acolhimento no Brasil às pessoas em deslocamento forçado, o Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados lança uma nova etapa do Programa “Acolhe Brasil” e busca sensibilizar uma rede nacional de famílias, pessoas, comunidades, grupos e coletivos que tenham interesse e disponibilidade para a acolhida de famílias ucranianas e afegãs.  Desde 2018, o programa mobiliza esforços para apoiar a interiorização de migrantes e solicitantes de refúgio venezuelanos. Com o conflito na Ucrânia, a iniciativa avançou para uma nova fase, afim de favorecer a acolhida de ucranianos/as, mas também de afegãos/ã no Brasil.

De acordo com Pe. Agnaldo Júnior, SJ, diretor nacional do SJMR Brasil, o objetivo da iniciativa é organizar e animar uma rede de hospitalidade acolhedora, para promover a acolhida e a integração local dessas famílias refugiadas no Brasil. “O Programa Acolhe Brasil – Ucrânia e Afeganistão irá oferecer todo o suporte necessário para que essas pessoas migrantes recomecem suas vidas aqui no Brasil. Por tanto, é fundamental que desde o primeiro momento do interesse da acolhida desses refugiados seja planejado um cuidado integral dessas famílias, com a proposta de auxiliá-los na integração socioeconômica e cultural no país.”, ressalta o jesuíta.

Como acolher uma família

Organizado em cinco etapas, nessa nova fase, o primeiro passo é sensibilizar e consolidar “espaços de hospitalidade”, por meio de uma rede nacional de acolhimento com organizações, dioceses, paróquias, comunidades, movimentos, famílias solidárias, grupos e coletivos que tenham interesse e disponibilidade para receber ucranianos/as e afegãos/as.

Para manifestar o interesse em acolher famílias ucranianas e afegãs, deve ser preenchido um cadastro por meio do link: https://bit.ly/acolhe_brasil.

Todas as pessoas que manifestarem interesse, o SJMR Brasil e seus parceiros oferecerão curso de capacitação sobre a cultura, a língua portuguesa, a história brasileira e os direitos das pessoas migrantes e refugiadas. Aqueles que fizerem o curso receberão um certificado de “espaço de hospitalidade”. Além disso, será disponibilizado curso de português para ucranianos/as e afegãos/ãs, com objetivo de facilitar a convivialidade, tendo a língua portuguesa como experiência de acolhimento.

A seguir, a equipe do SJMR Brasil fará um contato para confirmar os dados, verificar as informações e os documentos apresentados no cadastro. Confirmado o interesse, a equipe responsável pela gestão do programa confirmará a disponibilidade e fará toda a mediação com as famílias ucranianas e afegãs. Todo contato será apenas pelos canais oficiais e seguros do SJMR Brasil.

Pessoas com interesse de serem apoiadas pelo Programa Acolhe Brasil – Ucrânia e Afeganistão, ou aqueles que já apoiam famílias dessas nacionalidades, podem fazer contato conosco pelo e-mail acolhebrasil@sjmrbrasil.org.

Deixe um Comentário