Parceria entre ACNUR e SJMR promove treinamento sobre proteção e prevenção a violência baseada em gênero

Home / Brasil / Parceria entre ACNUR e SJMR promove treinamento sobre proteção e prevenção a violência baseada em gênero

Para fortalecer as ações de proteção e prevenção à violência baseada em gênero, o ACNUR promoveu um treinamento em parceria com o SJMR, nos dias 11 e 12 de maio. A atividade foi realizada na Associação Antônio Vieira (ASAV), em Porto Alegre e contou com a participação de diversas instituições que atuam na rede no apoio à população migrante e refugiada.

Foram realizadas atividades explicitando a importância do desenvolvimento de ações na perspectiva de proteção com base na comunidade e os desafios e dificuldades para o trabalho comunitário. Também foi abordada a temática da violência baseada em gênero, explorando os principais conceitos, boas práticas e manejo de situações.

A formação contou com a participação de diversas instituições além do ACNUR e do SJMR, como da Secretaria de Desenvolvimento Social de Porto Alegre/RS, Cáritas Paraná, Aldeias SOS, Cátedra Sergio Vieira de Mello da UFRGS, Comitê para Migrantes, Apátridas e Vítima de Tráfico de Pessoas do estado do Rio Grande do Sul (COMIRAT/RS), Centro de Referência de Assistência Social Norte (CRAS Norte), e do Centro de Referência de Atendimento à Mulher Márcia Calixto (CRAM).

“Achei a formação excelente, forneceu muitas ferramentas para assumir novos compromissos e procurar as possíveis soluções.” Blanca Perosa, Promotora Comunitária no SJMR.

Além de Blanca Perosa, estiveram presentes do SJMR Porto Alegre Anderson Fagundes, Analista Social de Proteção, Mariana Leonhardt Ramos, Psicóloga, Laura Ferrari Flores Ruschel, Assessora Jurídica e Juliana Camelo, Analista Social com foco na Integração Comunitária.

“Foi um espaço potente de diálogo entre diversos atores da rede. Saímos com muita motivação para colocar em prática tudo o que foi aprendido.” afirma Mariana Ramos, Psicóloga no SJMR.

“O treinamento sobre Proteção Baseada na Comunidade foi muito relevante no sentido que apresenta uma ferramenta aplicável a vários processos comunitários tendo como centro a voz das comunidades na busca das soluções. Pode ser aplicado em vários contextos e situações cotidianas.” Juliana Camelo, Analista Social com foco na integração comunitária do SJMR.

Já da equipe do SJMR Florianópolis estiveram presentes Gabriela Santos da Silva, Analista Social Sênior e Luara Resende, Analista Social de Proteção.

Confira os principais registros do evento abaixo.

Deixe um Comentário