Campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra Mulheres” realiza atividade cultural em Belo Horizonte

Home / Belo Horizonte / Campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra Mulheres” realiza atividade cultural em Belo Horizonte

Buscando maior engajamento e fortalecimento de ações de prevenção à violência, o SJMR Brasil aderiu à campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra Mulheres” e promoveu um encontro para a expressão artística de mulheres, homens, crianças e jovens migrantes e refugiados indígenas da etnia warao, em Belo Horizonte. As oficinas culturais foram realizadas em parceira com o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), no dia 27 de novembro, nas instalações do Mercado Novo BH.

Durante a atividade cultural, foram realizadas três oficinas de artes plásticas com mulheres, crianças e homens adultos. Em cada uma das oficinas foram trabalhadas o resgate das memórias afetivas dos indígenas venezuelanos warao, por meio de um processo educativo de comunicação não-violenta, sobretudo para mulheres e crianças migrantes indígenas.

“Por meio da arte e do resgate afetivo da memória de seus lugares de origem e uma intervenção com a cidade e para a cidade, a oficina trabalhou a questão da construção de um olhar que denuncia uma cultura de violência contra as mulheres. Também fomentamos iniciativas para a prevenção com o olhar nas mulheres e meninas migrantes indígenas”, destacou Henrique Galhano Balieiro, analista social do SJMR em Belo Horizonte.

Ao final da intervenção artística, os migrantes e oficineiros produziram a pintura de uma das muretas do Mercado Novo, com ilustração da palavra “Yakera”, uma saudação Warao para materializar a riqueza cultural do encontro nesse importante espaço multicultural de Belo Horizonte.

Deixe um Comentário